Wikia

Saint Seya Wiki

Shaka de Virgem

Comentários851
1 834 pages em
Este wiki
Shaka de Virgem
乙女座のシャカ
Shaka-de-virgem
Nome
Títulos O Homem mais próximo de Deus
Simbologia Buda
Dados gerais
Classificação Cavaleiro de Ouro
Armadura Armadura de Virgem
Constelação Virgo
Divindade Atena
Dados básicos
Gênero Masculino
Idade 20 Anos
Aniversário 19 de Setembro
Signo zodiacal Virgem
Altura 1,82 m
Peso 68 kg
Tipo sanguíneo AB
Local de nascimento Índia
Dados de treinamento
Local de treinamento Rio Ganges, Índia
Mestre Buda
Aprendizes Ágora de Lótus (anime)
Shiva de Pavão (anime)
Dados de anime e mangá

O homem mais próximo de Deus! O mundo vazio é um convite para a morte.

Enciclopédia Oficial..

Shaka de Virgem (乙女座のシャカ, Barugo no Shaka; Virgo Shaka), o Homem Mais Próximo de Deus, é um dos personagens da série Os Cavaleiros do Zodíaco, de Masami Kurumada.

--Ficheiro-Mangaká Shaka.png

Shaka de Virgem como capa do mangá

Shaka é considerado a reencarnação de Buda. Segundo Shijima, Shaka foi o Cavaleiro de Virgem mais poderoso desde os tempos mitológicos.

Origem do Nome

Do budismo, o sábio de Shakya (apropriação japonesa do nome Shakyamuni). Shakyamuni é o fundador histórico do budismo. Era filho de Shuddhodana, rei de Shakya,uma pequena tribo cujo reino hoje se situaria ao sul do Nepal central. Seu nome é composto de Shakya, o nome de sua tribo, e da adjetivação "amuni" que quer dizer sagrado ou sábio. Seu nome pessoal era Siddhartha Gautama (Siddhartha = objetivo alcançado).

Características

Aparência

Basicamente, Shaka é um homem de estatura mediana, com cabelos loiros e longos ,olhos azuis esverdeados.

Personalidade

Shaka é um homem que, aparentemente, não possui piedade nenhuma por inimigos que ele julga como mais fracos e despreza aqueles que não possuem bons modos ao entrarem na Casa de Virgem. Apesar disso, ele chegou a dar uma chance para Ikki de Fênix ir embora das Doze Casas durante seu confronto. É um homem que sempre busca lutar em nome da justiça e acredita nos ideais do Mestre Ares, porém, não chegou a perceber suas reais intenções malignas. É também pode ser considerado um dos cavaleiros de ouro mais forte deste templo graças ao seu enorme poder.

Histórico

Infância

ShakaYouth

Shaka com cerca de sete anos de idade.

Shaka nasceu e treinou na Índia, onde se perguntava sobre o por quê das coisas, focando no sofrimento da humanidade e na maldade das pessoas, também mantinha contato telepático com Buda, que lhe revelava as respostas a muitas de suas perguntas. Ele costumava ir rotineiramente ao Rio Ganges para meditar e refletir sobre as mortes lá ocorridas. Foi nessa época que Shaka fechou seus olhos e não os abriu mais.

Ao longo dos anos, Shaka aprendeu muito com seu antepassado, incluindo a habilidade de selar seu cosmo nos olhos e seus mantras de meditação sagrados.

Aos sete anos, tornou-se o cavaleiro de ouro de Virgem, e após mudar-se para o Santuário, virou conselheiro do Grande Mestre, posição que manteve mesmo após a morte do mesmo.

Ele seguiu aconselhando seu sucessor, o qual começou a seguir cegamente a partir de então.

Saga do Santuário

Aioria e Shaka entrando na Guerra de Mil Dias

Aioria e Shaka ameaçando entrar em uma Guerra dos Mil Dias.

Rendição Divina vs Cápsula do Poder

A Rendição Divina de Shaka choca-se com a Cápsula do Poder de Aioria.

Sete anos após a derrota dos titãs, Shaka é temido e respeitado como o "cavaleiro mais próximo do poder dos deuses". Ele continua sendo conselheiro de Saga, e acredita fielmente que Atena encontra-se no Santuário. Shaka é enviado à Ilha da Rainha da Morte para matar Jango, acabando por descobrir que Ikki já o havia derrotado. Shaka então apaga a memória de fênix, dizendo que este se lembraria de tudo quando se reencontrassem, posteriormente.

Shaka encontra Aioria (que havia ouvido de Atena a verdade sobre Saga) confrontando o Grande Mestre e decide enfrentar o leão, mas suas forças se equivalem, tornado possível uma Guerra dos Mil Dias. Saga lançou seu Satã Imperial em Aioria, derrotando-o. Shaka e Aioria (contra sua vontade) retornam a suas casas.

ShakaIkki

Shaka castiga Ikki.

Shaka vs shun

Shaka enforca Shun, com a sua própria corrente.

Na casa de Virgem, Shaka se apresenta aos Cavaleiros de Bronze, e é atacado sem demora por Shiryu, Shun e Seiya. Shaka mostra-se inabalável e os jovens cavaleiros não conseguem nem sequer encostá-lo. Depois de repelir os Meteoros de Pégaso de Seiya, o Cólera do Dragão de Shiryu e enforcar Shun com a sua própria corrente, Shaka ataca Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão e Shun de Andrômeda com sua Rendição Divina, fazendo-os ir a nocaute imediatamente. Shun parecia tentar resistir e Shaka diz que não tem sentimento nenhum de piedade com os "mais fracos", porém, quando Shaka se preparava para matá-lo, uma pena de fênix voa e acerta sua mão, que faz sair sangue de um de seus dedos. Ikki de Fênix aparece, trazido da Ilha Kanon pelos apelos de seu irmão e de Shiryu e Seiya. Ikki diz que Shaka irá se arrepender de ter machucado seus "irmãos de Bronze".
Sawmd0

Shaka recebe o Golpe Fantasma de Ikki de Fênix

Shaka diz que o Fênix receberá um grande castigo por ter tirado sangue de seu dedo, e tenta enviar Ikki a outra dimensão com seu Ciclo das Seis Existências, mas a habilidade de fênix de voltar do Inferno o torna imune ao ataque. Ikki tenta surpreender Shaka aplicando-lhe o Golpe Fantasma de Fênix mas o golpe acaba se tornando inútil diante do grande poder do Homem mais próximo de Deus. Ikki tenta fugir de Shaka com sua habilidade de teleportar-se, mas este lhe diz que "não passa de um macaco na palma da mão de Buda", e logo o alcança. O Cavaleiro de Virgem resolve oferecer uma chance para o Fênix salvar sua vida, mandando-o embora do Santuário, Ikki porém, parece irredutível e diz que o derrotará de qualquer jeito. Shaka diz que Ikki não tem nenhuma chance em um milhão em detê-lo e não entende porque o Fênix ainda tenta resistir mesmo sabendo que não poderá derrotá-lo.
IkkiSuicide

Ikki "suicida-se."

Shaka então abre seus olhos (a primeira vez desde a Titanomaquia) e usa seu Tesouro do Céu para remover os seis sentidos de Ikki. Shaka é surpreendido por um ataque suicida de fênix, que havia despertado seu sétimo sentido, e acaba desaparecendo. Os dois são lançados em uma dimensão paralela, onde Ikki explica toda a verdade sobre a "traição" de Aiolos. Os dois retornam à casa de Virgem com o auxílio de Mu de Áries. Shaka poderia voltar à vontade da dimensão onde foram parar e só não voltou pois preferiu trazer o fênix de volta com a ajuda de Mu. Em seguida, Shaka ordena que Ikki vá ajudar Seiya, que enfrentava sozinho o Mestre.

Após a derrota do Mestre Ares, e o fim da batalha no templo de Atena, os Cavaleiros de Ouro sobreviventes doam parte de seu sangue para a restauração das Armaduras de Bronze em sinal de gratidão pelos jovens Cavaleiros terem salvo Atena. No mangá, Shaka doa parte de seu sangue para o conserto da Armadura de Andrômeda. No anime, a armadura que recebeu o sangue de Shaka, foi a armadura do próprio Fênix.

Saga de Poseidon

Shaka, por ordens do Mestre Ancião, permanece no Santuário, preparando-se para a Guerra Santa contra Hades, mesmo com as dificuldades que Atena e os Cavaleiros de Bronze contra Poseidon e seus Generais Marinas. O Cavaleiro de Virgem aparece junto a Miro, Aldebaran, Aioria e Mu em uma reunião na Casa de Áries, observando as Armaduras de Ouro de Sagitário e Aquário partirem em direção ao Templo Submarino.

Saga de Hades

Santuário

Mao de buda1

Shaka ilude Saga, Camus e Shura com a imagem de Buda.

Shaka tenta impedir que Saga de Gêmeos, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário avancem pelas doze casas, primeiro em um confronto à distância, onde Shaka os ataca com ilusões na casa de Câncer, onde não havia nenhum guardião. Mas sua identidade acaba sendo descoberta por Saga, que dispara uma poderosa rajada de energia que atinge a casa de Virgem. Contudo, Shaka protege-se do golpe com seu Kahn, sem ter sofrido um único arranhão e revida o ataque com a Rendição Divina. O ataque destrói parcialmente a casa de Câncer, e cosmo dos três Cavaleiros de Ouro renascidos desaparecem. Shaka volta a confrontá-los em sua própria casa, pois eles aparecem na Casa de Virgem, disfarçados de espectros, sem terem sofrido um único arranhão da Rendição Divina lançada na Casa de Câncer.

Shaka vs Saga, Shura e Camus

Shaka confronta Saga, Camus e Shura.

Eles atacam Shaka vestidos como espectros e Shaka usa a barreira Khan. No mangá, A Tríade une suas forças para destruir barreira de Shaka, que sofre apenas um arranhão, enquanto na versão anime mostram-se Saga, Shura e Camus recorrendo a golpes especiais, como o Pó de Diamante de Camus, a Explosão Galática de Saga e a Excalibur de Shura, com isso, Shaka sente que será vencido e abre seus olhos momentaneamente para que parte da sua energia acumulada arrebente para fora, fazendo assim que os ataques causem apenas a destruição da barreira e um pequeno arranhão no rosto de Shaka, que faz com que uma de seu sangue caia no chão.

Shaka vs giganto

Shaka derrota Giganto de Ciclope e outros espectros.

Ele logo depois destrói a sapuris dos três. Então Shaka derrota primeiro os espectros guiados pelos aparentemente renegados cavaleiros, depois ele abre seus olhos (assim, sua energia acumulada arrebenta para fora de uma vez só, possivelmente, fazendo isso para enfraquecer e enfrentar os cavaleiros) e entra em uma luta que acontece no Jardim das Árvores Gêmeas (único local onde Buda poderia ser morto). No mangá, ele se esquiva do ataque Excalibur de Shura de Capricórnio, logo após, Camus de Aquário congela seu joelho e Saga de Gêmeos tenta envia-lo a uma Outra Dimensão. No anime, ele entra em uma luta física contra Shura e Camus (de técnicas especiais, vemos apenas Camus usando somente o Pó de Diamante Shura usando a Excalibur com um corte bem reduzido comparada a que ele usa contra Shiryu e a que Shiryu usou contra Krishna de Crisaor), e leva vantagem, provavelmente, pelo fato de estar com seus olhos abertos, e logo após, Saga tenta enviá-lo a uma Outra Dimensão, da qual Shaka consegue escapar, rapidamente.

Shaka exclamacao

Shaka desaparece após ser atingido pela Exclamação de Atena.

Ele utiliza seu Tesouro do Céu, impedindo que Saga, Shura e Camus se defendam ou ataquem-no. Após serem presos na técnica, Shaka lhes diz que a única alternativa para que o derrotem é a Exclamação de Atena, golpe proibido de ser usado em um único adversário pela deusa desde a antiguidade. Os três Cavaleiros de Ouro utilizam então a exclamação para matar Shaka. O plano de Shaka era ser morto de modo que, com seu arayashiki ativo, poderia acompanhar Atena em sua jornada ao Meikai. Após sua morte, a alma de Shaka envia uma mensagem para o Templo de Atena com as pétalas do jardim, escrevendo com o sangue de seu dedo a palavra Arayashiki. Atena entende a mensagem e resolve convocar os Cavaleiros Renegados ao seu templo para que Saga lhe mate como o mesmo tentou fazer a 13 anos. Atena vai ao Meikai e lá se encontra com Shaka, que já estava a sua espera.

Meikai

Shaka e hades

Shaka encontra Shun possuído por Hades.

Shaka e atena

Atena impede Shaka de atacar Hades, pois isso só feriria o corpo de Shun.

Já no mundo dos mortos, Shaka acompanha Atena até Giudecca atrás de Hades. Após algum tempo, Shaka e Atena chegam a Giudecca e, encontram a alma de Hades possuindo o corpo de Shun de Andrômeda, Shaka conta que ele e Atena foram aos Campos Elísios atrás de Hades e ela fala que os dois se perderam várias vezes. Atena então tenta suplicar para que o deus dos mortos não destrua a Terra com o Grande Eclipse. Hades aceita a súplica, mas pede em troca a vida da deusa, e ordena a Shaka que a mate com o tridente do deus. Shaka tenta matar Hades, sendo impedido por Atena, que usa seu sangue para exorcizar o deus dos mortos do corpo de Shun. Ambos os deuses desaparecem pelo Muro das Lamentações e Shun volta ao normal após isso, em seguida Seiya também chega ao local e vê Shaka elevar o seu cosmo ao máximo. Shun diz que Shaka está disposto a sacrificar a própria vida para criar um brilho como da luz do sol e ao sentir o cosmo de Shaka, o Cavaleiro de Andrômeda percebe do porque aquele é chamado de "Homem mais próximo de deus". Shaka tenta derrubar o Muro das Lamentações sozinho, mas Dohko de Libra o impede alertando-o que, se continuar com seus ataques ao Muro, vai acabar morto sem nem mesmo arranhá-lo.

ShakaPower

Shaka libera sua cosmo-energia para tentar destruir o Muro das Lamentações.

Após isso chegam Mu de Áries, Miro de Escorpião e Aioria de Leão, que dizem que ainda é cedo para um homem como Shaka morrer em vão. Mu diz que Shaka não deve morrer enquanto não mudar a cor de todas as 108 contas de seu rosário, que Mu devolve a Shaka (Mu havia herdado o rosário após a suposta morte de Shaka e, permaneceu com ele até o momento). Os cinco Cavaleiros de Ouro tentam destruir o muro com as Armas de Libra, porém as mesmas ficam estraçalhadas, pois somente raios de luz do próprio sol poderiam destruir o muro.
Shaka e Mu

Mu devolve o rosário de 108 contas a Shaka.

Todos ficam decepcionados ao verem que nem sequer arranharam o muro e acham que já não há mais nada que se possa fazer. Seiya descorda e diz que tem certeza de que o Muro das Lamentações pode ser destruído com o poder das armaduras de ouro e relembra que as mesmas já conseguiram destruir até mesmo o Pilar principal do Templo de Poseidon.
Shaka lamentacoes

Shaka sacrifica sua vida junto com os outros Cavaleiros de Ouro.

Dohko menciona uma técnica que pode ser usada para gerar tais raios, mas precisaria do poder dos doze cavaleiros de ouro. Neste momento as sete armaduras de ouro dos cavaleiros mortos materializam-se em frente ao muro, onde as almas de Aldebaran, Saga, Máscara da Morte, Aioros, Shura, Camus e Afrodite aparecem e atendem ao chamado de Atena, sacrificando suas vidas junto com as dos outros cinco cavaleiros de ouro para usar a tal técnica e abrir um buraco no Muro, pelo qual Seiya, Shiryu, Shun e Hyoga, protegidos pelo sangue de Atena, e Ikki, protegido pelo bracelete de Pandora atravessam para chegarem aos Campos Elísios e, assim ajudar Atena a derrotar Hades e, salvar a Terra do Grande Eclipse.

Next Dimension

1186744 563975630332353 1906730879 n

Shaka em Next Dimension.

Quando Shun e Tenma entram na Casa de Virgem, eles ativam a barreira de ilusão que protege a casa e são atacados pelo Silêncio Absoluto do pensamento residual de Shijima, no momento que suas almas seriam destruídas pela meditação do Cavaleiro de Ouro, eles sentem uma outra cosmo energia que desfaz o ataque, ao olharem para trás surge o pensamento residual de Shaka de Virgem que também esta em posição de meditação, isso porque após a revolta de Saga, a Armadura de Andrômeda, foi banhada com o sangue de Shaka (Mangá), e ao adentrar na Casa de Virgem, Shun, inconscientemente, ativou o pensamento do Cavaleiro de Virgem através do DNA de seu sangue. Após Shijima criar as 4 Portas de Buda, Tenma impulsivamente tenta adentrar a uma delas, porém Shaka o impede, isso irrita Shijima que ataca os três com seu Tesouro do Céu, mas Shaka também utiliza este golpe no mesmo instante. Shijima diz ser um desaforo, Shaka utilizar esta técnica contra ele e libera seu cosmo abrindo sua boca, o som que ecoa se trata de Ungyo, que simboliza o fim do universo. Shaka decide abrir os olhos, emanando uma poderosa luz que se trata de Agyo, que simboliza o nascimento do universo. Shun se coloca a rezar, na tentativa que esta luta tenha um fim e ao ser observado por Shijima, este pede desculpas e pergunta porque Shaka confia tanto nos Cavaleiros de Bronze e Shaka responde dizendo que Shun herdará a Armadura de Virgem. Shijima então entende que três gerações de Cavaleiros de Virgem estavam naquele local e se despede de Shaka, que faz o mesmo, voltando ao Nirvana. Shijima no salão do Grande Mestre, entende que Shaka, pode ter sido o Cavaleiro de Virgem mais poderoso que já existiu.

Outras Aparições

Filmes

Os Guerreiros do Armageddon

Sha241

Shaka sendo derrotado pelos Anjos da Morte em Os Guerreiros do Armagedon.

No filme Os Guerreiros do Armageddon, Shaka é derrotado pelos Anjos da Morte enquanto guardava a sua casa zodiacal. Ele reaparece no final, doando seu cosmo para Seiya de Pégaso, para ele salvar Atena mais uma vez.

Prólogo do Céu

No filme Prólogo do Céu, Shaka tem a sua alma selada, junto com os outros Cavaleiros de Ouro, por terem se rebelado contra os Deuses, podendo somente observar a batalha dos Cavaleiros de Bronze, contra Artemis e Apolo.

Saint Seiya Legend of Sanctuary

Tumblr mzofb9WRy81rsx4y6o1 400

Shaka de Virgem em Saint Seiya Legend of Sanctuary

Shaka de Virgem aparece em Saint Seiya Legend of Sanctuary. Sua fisionomia é igual ao do clássico com poucas mudanças na armadura que permanece fiel ao anime.

Episódio G

Artigo principal: Shaka de Virgem (Episódio G)

Shaka também participa do Episódio G, que narra a luta dos Cavaleiros de Ouro contra os Titãs e os Gigas.

Aparições em Jogos

Shaka de Virgem aparece em vários jogos de cavaleiros do zodíaco. Jogos como Saint Seiya The Hades, Saint Seiya The sanctuary, ambos de Playstation 2 e Saint Seiya Senki de Playstation 3. Shaka também faz sua aparição no jogo Saint Seiya Online.

Habilidades de Luta

Benção do Senhor das Trevas

Benção do Senhor das Trevas.

Apagar a memória

Shaka também tem a habilidade de apagar a memoria.

Shaka tem um cosmo poderoso o bastante para paralisar Ikki a quilômetros de distância na Ilha Kanon com seu cosmo (isso ocorreu somente no anime) e pode fazer ilusões capazes de enganar até cavaleiros de ouro. É muito comum ele utilizar ataques cósmicos. Além disso, consegue adentrar facilmente nas mentes de seus oponentes. Com um mantra, conseguiu controlar a Corrente de Andrômeda e voltá-la contra seu dono. O sangue de Shaka de Virgem na Armadura de Andrômeda foi poderoso o bastante para que seu pensamento presente em seu DNA se manifestasse e combate-se o pensamento de Shijima de Virgem.
A

Shaka ao abrir seus olhos.

Shaka possui uma habilidade utilizando uma pequena quantidade de seu sangue ou sendo ferido em batalha, Shaka faz com que mesmo em pequena quantidade, forme um inferno de sangue, uma imensa poça de sangue que, semelhante a um pântano, faz com que seu inimigo comece a afundar e morra afogado. Shaka usou essa habilidade contra Ikki de Fênix na Batalha das 12 Casas.

Uma habilidade de Shaka que chama a atenção é que quando mantém seus olhos fechados, se privando do sentido da visão, o Cavaleiro de Virgem pode elevar o seu cosmo infinitamente (como visto em batalhas contra Ikki de Fênix, Aioria de Leão e Saga de Gêmeos). Isso lhe permite uma grande acumulação de cosmo energia que arrebenta para fora de uma vez só, quando ele abre seus olhos. Isso lhe permite utilizar sua técnica Tesouro do Céu, podendo enfraquecer seus inimigos ou fortalecer técnicas como Khan e Tesouro do Céu. Quando Shaka abre os olhos, ele emana uma poderosa luz que se trata de Agyo, que simboliza o nascimento do universo.

Técnicas Especiais

Onh
Ohm
(オーム Ōmu, ॐ Ōhm, "Respiração divina" em hindu)
Consiste em um mantra que Shaka utiliza para intensificar o seu cosmo acumulado por meditação e expandi-lo. Normalmente utilizado antecedendo técnicas como a "Rendição Divina". Ao queimar o seu cosmo através deste mantra, Shaka atinge o alvo e o afasta de suas proximidades pela irradiação provida de sua energia.
Kahn Kahn
(カーン Kān, ஆசலர் Hām, "Imobilidade Divina", em hindu)
Ao empregá-lo, o cavaleiro de Virgem cria uma poderosa parede esférica de cosmo-energia que envolve o seu corpo em todos os pontos, protegendo-o por inteiro do ataque inimigo. Técnica absolutamente defensiva, o Kahn é uma invocação de um deus hindu homônimo à técnica, também conhecido como Acalanatha. Uma curiosidade sobre este golpe é que na versão original, do mangá, A Tríade une suas forças para destruir barreira de Shaka, que sofre apenas um arranhão, enquanto na versão anime mostram-se Saga, Shura e Camus recorrendo a golpes especiais, como o Pó de Diamante de Camus, a Explosão Galática de Saga e a Excalibur de Shura (os ataques de Shura e Saga estavam com o mesmo poder destrutivo do Pó de Diamante de Camus neste ataque), com isso, Shaka sente que será vencido e abre seus olhos momentaneamente para que parte de sua energia acumulada arrebente para fora, fazendo assim que os ataques causem apenas a destruição da barreira e um arranhão em Shaka.
248 Rendição Divina
(Tenma Kōfuku)
Shaka concentra seu cosmo e libera a energia concentrada contra o adversário. Caso Shaka abra os olhos ao utilizar este ataque o seu poder de destruição aumenta assustadoramente como acontece no Episódio G, onde o cavaleiro elimina dois gigas com extrema facilidade. Durante a execução do golpe, figuras do imaginário budista e hindu como Bodisatvas, Pretas (demônios da fome), Asuras (antideuses), Mara (deusa da morte), personificação feminina de Ravana, rei dos raxasa (demônios) etc. Ele joga seu cosmo em uma rajada enorme semelhante a uma flor de lótus em direção de seu alvo. Quando seus olhos estão fechados, possui o mesmo poder destrutivo da Cápsula do Poder de Aioria e das rajadas de cosmo feitas por Saga de Gêmeos para destruir a Casa de Virgem e atacar a Sala do Mestre, já quando seus olhos estão abertos, o golpe possui um poder chamado supernova, assim como a Explosão de Fótons de Aioria e a Explosão Galáctica de Saga.
34 Ciclo das Seis Existências
(Rikudō Rinne)
Uma técnica de retirada da alma do corpo do oponente: primeiramente, trata-se de um golpe expansivo, do qual é impossível de desviar, já que envolve toda a área circundante; e tem a peculiaridade de não enviar a alma para o Yomotsu, mas para um de seis reinos (ou mundos) de samsara - comuns à mitologia budista e à hindu - que seria escolhido pelo adversário pelo que Shaka dá a entender, e é exatamente esse o ponto fraco da técnica. Ikki de Fênix escolheu o inferno pois possuia a capacidade de retornar de lá. Estes mundos são:

o Inferno (地獄界, Jigoku-kai): o mundo infernal. Os que vem para cá são aqueles que fizeram atos terríveis. Segundo Shaka, possui "oceanos de fogo, poços de sangue, montanhas de agulhas", aqueles aqui presentes sofrem dores indescritíveis. É um mundo de "medos após medos intermináveis";

o Mundo dos Espíritos Famintos (餓鬼界, Gaki-kai): o mundo dos espíritos famintos. Segundo Shaka: todos os corpos ficam esqueléticos, somente as barrigas crescem e eles vomitam sem parar. Todos os que são enviados para cá acabam por recorrer ao canibalismo;

o Mundo das Bestas (畜生界, Chikushô-kai): segundo Shaka, todos são transformados em bestas. Aqui vale a lei do mais forte e é preciso matar os predadores para sobreviver;

o Asura (修羅界, Ashura-kai): o mundo da luta. Segundo Shaka, há sangue e morte o tempo todo e as batalhas ocorrem dia após dia sem trégua;

o Mundo dos Humanos (人界, Jin-kai): segundo Shaka, felicidade, ódio e tristeza se misturam com grande instabilidade. Não há bem ou mal;

o Paraíso (天界, Ten-kai): segundo Shaka, é possível ser feliz aqui, mas um único pensamento pode jogá-lo no mundo dos espíritos famintos, no mundo das bestas ou no inferno (a necessidade de controle sobre o pensamento é um conceito tipicamente budista).

Tesouro do Céu Tesouro do Céu
(Tenbu Hōrin)
Essa é a maior técnica do cavaleiro de Virgem. O cosmo que ele acumula mantendo seus olhos fechados (ou seja, privando-se de um de seus sentidos), explode quando ele os abre, criando um golpe perfeito que une ataque e defesa, pois não dá chances de o adversário contra-atacar. Ele vai tirando todos os sentidos do oponente um a um. Usando esta técnica, Shaka tem o pode tirar até o sexto sentido do oponente, o que o diferencia dos outros Cavaleiros de Ouro. Após a retirada dos sentidos do adversário, este volta a poder utilizar seu cosmo e suas técnicas.
Espiritos1 Invocação dos Espíritos Malignos
(Tenkūhaja Chimimōryō)
Shaka Materializa espíritos malignos e, em meio a múltiplas ilusões, lança-os sobre o inimigo. Esses espíritos seguem em forma espectral avançando rapidamente contra o adversário atacando-o diretamente e/ou causando uma grande explosão.

Batalhas

Shaka8

Batalhas de Shaka de Virgem

Os principais oponentes do Cavaleiro de Virgem ao longo da série foram:

Frases

se o fim, a morte, é inevitável... Então talvez seja a tristeza que domine a nossa vida! Mesmo quando superamos o sofrimento... Mesmo que busquemos o amor e a felicidade… No fim, a morte irá transformar tudo em nada! Eu não entendo! Para que os homens nascem neste mundo. Se é impossível desafiar algo tão completo, e eterno como a morte?

Shaka, com 6 anos, conversando com Shakyamuni, o primeiro Buda! (dialogo presente na Saga de Hades)


Se há muito sofrimento, também há sempre alegria e vice-versa. Até estas lindas flores algum dia irão murchar e todas as coisas vivas deste mundo não param nem por um momento. Estão sempre se movendo e mudando, esse é o maior prazer existente, a vida das pessoas é igual.

Mas, se a morte certa espera por todos, não é a tristeza que deveria controlar a vida de todos? Enquanto se vive, não importa quantas vezes tente se alivar do sofrimento, ou quantas vezes buscam por amor e alegria e, a morte sempre acaba com tudo. Se é assim, para que um homem nasce? Não podemos fingir que não existe a morte, completa e eterna.

Apenas não se esqueça de uma coisa:

A morte não é o fim de tudo, a morte é o passo que leva à vida seguinte. A morte não é algo definitivo. No passado todos aqueles que nasceram neste mundo, mas foram chamados de santos, todos puderam superar a morte, se entender isso se tornará o homem mais perto de Deus.

As flores nascem e depois murcham... as estrelas brilham, mas algum dia se extinguem.... comparado com isso, a vida do homem não é nada mais do que um simples piscar de olhos, um breve momento. Nesse pouco tempo, as pessoas nascem, riem, choram, lutam, são feridas, sentem alegria, tristeza, odeiam alguém, amam alguém. Tudo isso em um só momento.

Shaka de Virgem, na Saga de Hades.

A existência do ser humano, em comparação com a morte, é tão insignificante quanto o agito de um rosário. Durante o tempo em que estamos vivos, o homem vem ao mundo para rir, gritar, lutar, ferir-se, ser feliz e infeliz. Começa a amar ou a detestar. Tudo isso acontece com o tempo. E o homem, no fim, acaba tendo um sonho eterno chamado morte!

Shaka, na Saga de Hades


O amor nunca falha porque é amor sem fim, sem começo, sem meios de ser interrompido, também se renova à medida que se origina e age no tempo e espaço de todas as dimensões que existem no universo em expansão

Shaka de Virgem.

Uma guerra só ocorre porque ambas as partes acreditam na sua justiça

Shaka de Virgem, na sua batalha contra o Ikki.

Meus caros Espectros, como puderam vir até essa Casa de Virgem.. No meu rosto reflete a entrada para um outro mundo, pronunciarei a última palavra e irão direto para o além!

Shaka enfrenta Espectros na Casa de Virgem.


Em toda a minha vida, nunca ouvi uma história de um Deus dar a vida eterna a um humano!

Shaka de Virgem para Giganto de Cíclope, a quem Hades teria prometido a vida eterna.


Não deixarei que seus pés imundos continuem pisando e manchando o chão do Santuário... Desapareçam seus animais... Rendição Divina!

Shaka ao executar os Espectros invasores do Santuário.

Pelo menos uma vez...pelo menos uma vez... Deixe-me dizer -Ouçam com atenção jovens cavaleiros de bronze - Pelo amor na terra... -E pela justiça... -Estamos indo! -Concentrando toda nossa vida e espírito! -Queimem agora nossos cosmos dourados! -ATHENA MOSTREMOS O RAIO DE LUZ NESTE MUNDO DE TREVAS!

Os Cavaleiros de Ouro antes de se sacrificarem para abrirem um buraco no Muro das Lamentações.

Curiosidades

  • Antes de utilizar a técnica Tesouro do Céu contra Saga , Shura e Camus na Saga de Hades, Shaka já abrira seus olhos. Como Ikki disse que quando Shaka abre os olhos a sua energia acumulada por arrebenta para fora de uma vez, isso pode ser o motivo dos ataques dos Renegados quando batalhavam contra Shaka no Jardim das Árvores Sala Gêmeas terem o poder de suas técnicas aparentemente díminuidos (especialmente Shura e Camus no combate físico), graças ao cosmo de Shaka que tinha arrebentado para fora.
  • Shaka foi o único Cavaleiro de Ouro sem nenhum diálogo na Saga de Poseidon.
  • Foi o primeiro Cavaleiro de Ouro a surgir (no manga).
  • Foi o primeiro personagem a atingir o 8 sentido.
  • O Khan de Shaka não foi derrotado pela Explosão Galática de Saga a Excalibur de Shura é o Pó de Diamante de Camus, Na verdade no mangá o Seu Khan foi derrotado por 3 rajadas de cosmo de Shura, Camus é Saga.
  • Shaka na dublagem da Gota Mágica ele é considerado "O Homem mais forte do Grande Mestre" Já no Mangá ele é considerado "O Homem mais próximo de Deus" (Que na verdade é o oficial).
  • Shaka teve seu joelho congelado pelo Pó De Diamante de Camus (no Mangá).
  • Shaka foi o único Cavaleiro de Ouro na sua franquia que ousou a desafiar Hades sozinho.

Galeria de Imagens

Cavaleiros de Ouro
Século XIII
(The Lost Canvas)
Krest de AquárioOutros
Século XV
(The Lost Canvas)
Sage de CâncerOutros
Século XVIII
(The Lost Canvas)
Antes da Série
Hasgard de TouroAspros de GêmeosIlias de LeãoSísifo de SagitárioRugonis de Peixes
Século XVIII
(The Lost Canvas)
Após o renascer de Hades
Shion de ÁriesHasgard de TouroDefteros de GêmeosManigold de CâncerRegulus de LeãoAsmita de VirgemDohko de LibraKardia de EscorpiãoSísifo de SagitárioEl Cid de CapricórnioDégel de AquárioAlbafica de Peixes
Século XVIII
(The Lost Canvas)
Após a Série
Teneo de TouroDohko de Libra
Século XVIII
(Next Dimension)
Shion de ÁriesOx de TouroKain e Abel de GêmeosContador da Morte de CâncerKaiser de LeãoShijima de VirgemDohko de LibraCavaleiro de SerpentárioIzo de CapricórnioCardinale de Peixes
Século XX
(Saint Seiya)
Mu de ÁriesAldebaran de TouroSaga de GêmeosMáscara da Morte de CâncerAioria de LeãoShaka de VirgemDohko de LibraMiro de EscorpiãoAioros de SagitárioShura de CapricórnioCamus de AquárioAfrodite de Peixes
Século XXI
(Omega)
Antes das guerras contra Marte
Micenas de LeãoShiryu de LibraSeiya de SagitárioIonia de Capricórnio
Século XXI
(Omega)
Santuário de Marte
Kiki de ÁriesHarbinger de TouroParadox de GêmeosSchiller de CâncerMicenas de LeãoFudou de VirgemGenbu de LibraSonia de EscorpiãoIonia de CapricórnioTokisada de AquárioAmor de Peixes
Século XXI
(Omega)
Novo Santuário de Atena
Kiki de ÁriesHarbinger de TouroIntegra de GêmeosFudou de VirgemShiryu de LibraGenbu de LibraSeiya de Sagitário
Não-canon/Não confirmados Shaina de Ofiúco*
Cavaleiros de Atena (Saga Clássica)
Deus Atena
Papa Shion de ÁriesAresSaga de GêmeosMestre Ancião
Cavaleiros de Ouro Mu de ÁriesAldebaran de TouroSaga de Gêmeos/Kanon de GêmeosMáscara da Morte de CâncerAioria de LeãoShaka de VirgemDohko de LibraMiro de EscorpiãoAioros de SagitárioShura de CapricórnioCamus de AquárioAfrodite de Peixes
Cavaleiros de Prata Marin de ÁguiaMoses de BaleiaAsterion de Cães de CaçaSirius de Cão MaiorDaidalos de CefeuBabel de CentauroDante de CérberoCapella de CocheiroJamian de CorvoPtolemy de FlechaAlgethi de HérculesMisty de LagartoOrphée de LiraDio de MoscaShaina de OfiúcoAlgol de Perseu
Cavaleiros de Bronze Seiya de PégasoShiryu de DragãoHyoga de CisneShun de AndrômedaIkki de FênixBan de Leão MenorJabu de UnicórnioGeki de UrsoIchi de HidraNachi de LoboJune de CamaleãoYuri de SextanteRetsu de Lince
Cavaleiros sem Classificações Mei de Cabeleira de Berenice
Cavaleiros Negros Kenuma de Pégaso NegroShinadekuro de Dragão NegroFukuryu de Dragão NegroJido de Cisne NegroAndrômeda NegroRitahoa de Fênix NegroÁguia NegraOfiúco NegraLagarto Negro
Cavaleiros sem constelação DocratesCavaleiro de FogoCavaleiro de CristalSpartanSpicaLedaPíton
Cavaleiros Fantasmas GeistMedusaGolfinhoSerpente Marinha
Cavaleiros de Aço Sho do CéuUshio do MarDaichi da Terra
Cavaleiros Azuis Alexer

Rede da Wikia

Wiki Aleatória